Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.faculdadeunida.com.br:8080/jspui/handle/prefix/39
metadata.dc.type: Dissertação
Title: EDUCAÇÃO INFANTIL: RESPEITAR A DIVERSIDADE RELIGIOSA, SUPERAR VIOLÊNCIAS, EDUCAR PARA A PAZ. UMA REFLEXÃO SOBRE ATIVIDADES INTERDISCIPLINARES DESENVOLVIDAS NO CENTRO DE EDUCACÃO INFANTIL JOÃO PEDRO DE AGUIAR – VITÓRIA/ES
metadata.dc.creator: GRASSELLI, MARTINÉLIA DE ALMEIDA
metadata.dc.contributor.advisor1: Ulrich, Claudete Beise
metadata.dc.contributor.referee3: Ulrich, Claudete Beise
metadata.dc.description.resumo: Esta dissertação busca refletir sobre a importância da educação infantil, no que diz respeito à diversidade religiosa e cultural, para a superação de violências, tendo como perspectiva a educação para a paz. Educação para a paz necessita ser aqui entendida como a reflexão e a realização de atividades que conduzem para o respeito à pluralidade existente. A educação infantil se realiza no fazer pedagógico do cuidar, do brincar e do educar. A criança é entendida como sujeito de direitos, conforme o Estatuto da Criança e do Adolescente. Portanto, ela participa ativamente do processo pedagógico. É a partir das crianças que se constrói o fazer pedagógico na educação infantil. A história da educação no Brasil tem sido objeto de longas discussões e de muitas publicações, devido à realidade presente da violência nas escolas e na sociedade em geral. Essa realidade de violência também se faz presente na educação infantil. Ao se pensar em uma educação infantil mais eficiente, busca-se uma pedagógica que valorize o diálogo e o respeito à criança, apoiando-a em suas dificuldades e limitações, dando-lhe liberdade para que possa refletir e se expressar nas mais diferentes formas. Nesse sentido, reflete-se sobre o projeto pedagógico “Educar para a paz: rompendo os muros do CMEI para superar a cultura da violência” desenvolvido por todas as turmas de educação infantil do Centro de Educação Infantil João Pedro de Aguiar, com envolvimento das crianças, das famílias, dos professores e professoras e demais funcionários. O projeto interdisciplinar envolveu todas as atividades das crianças e culminou com a pintura do muro do Centro de Educação, apontando para o respeito à pluralidade, como condição para a construção da paz, sendo que a paz é colorida, como mostram as pinturas do muro do CMEI.
Abstract: This dissertation seeks to reflect on the importance of children's education, with respect to respect for religious and cultural diversity, for overcoming violence, with a perspective on education for peace. Education for peace needs to be understood here as the reflection and the realization of activities that lead to respect for the existing plurality. The education of children takes place in the pedagogical making of caring and educating. The child is understood as subject of rights, according to the Statute of the Child and the Adolescent. Therefore, it actively participates in the pedagogical process. It is from the children that is constructed the pedagogical doing in the infantile education. The history of education in Brazil has been the object of long discussions and many publications, due to the present reality of violence in schools and society in general. This reality of violence is also present in early childhood education. When thinking about a more efficient kindergarten, we seek a pedagogical practice that values and respects the child, supporting it in its difficulties and limitations, giving it freedom so that it can reflect and express itself in the most different forms. In this sense, a consideration is made on the pedagogical project “To educate for peace: breaking the walls of the CMEI to overcome the culture of violence”, developed by all the classes of child education from the Center of Infantile Education João Pedro de Aguiar, with involvement childrens, the families of the children, teachers and employees. The interdisciplinary project involved all children's activities, culminating with the painting of the wall of the Education Center, pointing to the respect for plurality as a condition for the construction of peace - and peace is colorful, as shown in the paintings of the wall of the CMEI.
Keywords: Diversidade religiosa. Superação da violência. Educação para a paz. Educação Infantil. Ciências das Religiões.
Religious diversity. Overcoming violence. Education for peace. Child education. Religion sciences.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::TEOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
metadata.dc.publisher.department: Ciências da Religiões
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Ciências das Religiões
Citation: ALCUDIA, Rosa et. al. Atenção à diversidade. Porto Alegre: Artmed, 2002. ANDRADE, Lucimary Bernabé Pedrosa de. Educação infantil: discurso, legislação e práticas institucionais. São Paulo: Cultura Acadêmica, 2010. Disponível em: <http://faculdadeparque.com.br/ebooks/Educacao_infantil_discurso_legislacao_praticas_institucionais_ANDRADE.pdf>. Acesso em: 20 jan 2017. ANDRADE, Lucimary Bernabé Pedrosa de. Os centros de convivência infantil da UNESP: Contextos e Desafios. UNESP: Franca, 2003. Disponível em: <https://repositorio.unesp.br/bitstream/handle/11449/98553/andrade_lbp_me_fran.pdf?sequence=1>. Acesso em 20 jan. 2017. AQUINO, Lígia Maria Leão de; VASCONCELOS, Vera Lúcia Ramos de. Orientação Curricular para Educação Infantil: Referencial Curricular Nacional (RCNEI) & Diretrizes Curriculares Nacionais (DCNEI). In: VASCONCELOS, Vera Lúcia Maria de. (Org.). Educação da Infância: história e política. 2. ed. Niterói: UFF, 2011. ARCE, Alessandra Lima. Uma criança exemplar! Friedrich Froebel e a pedagogia dos jardins-de-infância. Revista Brasileira de Educação. n. 20, Maio/Jun/Jul/Ago 2002. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/rbedu/n20/n20a09.pdf>. BASTOS, Márcio Thomaz et al. Introdução. Imaginar a paz. Brasília: Paulinas. 2006. BOFF, Leonardo. Saber cuidar: ética do humano – compaixão pela terra. Petrópolis: Vozes, 1999. BRASIL. Lei Nº 9.475, de 22 de Julho de 1997. Dá nova redação ao art. 33 da Lei n° 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L9475.htm>. Acesso em: 20 nov. 2016. BRASIL, Diretrizes Curriculares Nacionais Gerais da Educação Básica/Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Diretoria de Currículos e Educação Integral. Brasília: MEC, SEB, DICEI, 2013. BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Política de educação infantil no Brasil: Relatório de avaliação / Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica. – Brasília: MEC, SEB; Unesco, 2009. BRITTO, Romero. Biografia. Disponível em: https://www.todamateria.com.br/romero-britto/. Acesso em 20 out. 2017. CANDAU, Vera Maria. Por uma Cultura da Paz. s.d. Disponível em: <http://files.ufcculturadepaz.webnode.com.br/20000017052360532ed/CANDAU%20VERA%20Por%20Uma%20Cultura%20de%20Paz.pdf>. Acesso em: 20 jun 2017. CARLOS, Roberto; CARLOS, Erasmo. A guerra dos meninos. Disponível em https://www.vagalume.com.br/roberto-carlos/a-guerra-dos-meninos.html. Acesso em: 27 dez 2017. DINORAH, Maria. Panela no fogo, barriga vazia. São Paulo: L&PM. 1986. FARIA, Ana Lúcia Goulart de; PRADO, Patrícia Dias. (Org.); DEMARTINI, Zélia de Brito Fabri. Por uma cultura da infância: metodologias de pesquisa com crianças. 3 ed. Campinas: Autores associados, 2009. FREIRE, Ana Maria Araújo (NITA). Educação para a paz segundo Paulo Freire. Educação, ano XXIX, n. 2 (59), p. 387-393, Maio/Ago. 2006. Disponível em: <http://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/faced/article/view/449>. Acesso em 30 out. 2017. FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia: saberes necessários à prática educativa. 9. ed. São Paulo: Paz e Terra, 1998. FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. 14. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987. HOBSBAWM, Eric. O sentido do passado. In: _____. Sobre a história. São Paulo: Companhia das Letras, 1998. JOÃO PEDRO DE AGUIAR (CMEI). Disponível em: <http://www.qedu.org.br/escola/167865-cmei-joao-pedro-de-aguiar/sobre>. Acesso em: 01 out 2017. KLEIN, Remí; BRANDENBURG, Laude Erandi; WACHS, Manfredo Carlos. Ensino Religioso: diversidade e identidade. São Leopoldo: Sinodal/EST, 2008. KRAMER, Sônia. O papel social da pré-escola. São Paulo: Fundação Carlos Chagas, 1986. (Cadernos de Pesquisa). KUHLMANN Jr, Moysés. Histórias da educação infantil brasileira. Revista Brasileira de Educação, Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação, n. 14, p.5-14, mai-ago, 2000. Disponível em: <http://www.redalyc.org/pdf/275/27501402.pdf>. Acesso em: 20 mar 2017. LOPES, Raquel. Professora que fez boneca afro retirada de escola por pastor diz que projeto continua. A Gazeta: Vitória, 12 de agosto de 2017. Disponível em: <https://g1.globo.com/espirito-santo/educacao/noticia/professora-que-fez-boneca-afro-retirada-de-escola-por-pastor-diz-que-projeto-continua.ghtml>. Acesso em: 20 ago 2017. MARAFON, Danielle. Educação Infantil no Brasil: um percurso histórico entre as ideias e as políticas públicas para a infância. s/d. p. 1-22. Disponível em: <www.histedbr.fae.unicamp.br/acer_histedbr/.../ZjxYEbbk.doc>. Acesso em 10 fev. 2017. MARQUES, Circe Mara; WACHS, Manfredo Carlos. Paz e Educação. Escutando a voz das crianças. São Paulo: Paulinas, 2015. MARQUES, Circe Mara. Educação para a paz e educação infantil: Um olhar e uma escuta sensível no ambiente educativo. In: BRANDENBURG, Laude Erondi; FUCHS, Henri; KlEIN, Remi; WACHS, Manfredo Carlos (Org.). Simpósio de Ensino Religioso na Escola: Bases, experiências e desafios. São Leopoldo: Oikos, 2005. p. 77. MENEZES, Marilu Nörnberg. Nem tão doce lar: uma vida sem violência. São Leopoldo; Porto Alegre; Genebra: Sinodal/FLD/IECLB/LWF, 2012. MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESPÍRITO SANTO. Estatuto da Criança e do Adolescente & Legislação Congênere. 11. ed. Vitória, 2011. NUNES, Maria Fernanda Rezende, CORSINO, Patrícia, DIDONET, Vital. Educação infantil no Brasil: primeira etapa da educação básica. Brasília: UNESCO, Ministério da Educação/Secretaria de Educação Básica, Fundação Orsa, 2011. Disponível em: <http://unesdoc.unesco.org/images/0021/002144/214418por.pdf>. Acesso em: 20 mar. 2017. OSTETTO, Luciana Esmeralda (Org.) Encontros e encantamentos na educação infantil. 2a ed. Campinas: Papirus. 2008. PAULIKI, Jeroslau Pauliki; VARGAS, Carlos Luciano Sant´Ana. Educação para a paz como caminho da infância: projetos de sucesso 2014.Universidade Estadual de Ponta Grossa: Instituto Mundo Melhor; Núcleo de Educação para a paz; UEPG, 2015. PREFEITURA MUNICIPAL DE VITÓRIA. Educação Infantil no município de Vitória: Um outro olhar. Vitória: Secretaria de Educação. Gerência de Educação. 2006. PREFEITURA MUNICIPAL DE VITÓRIA. Educação Infantil. Disponível em: <ww.vitoria.es.gov.br/cidadao/educacaoinfantil>. Acesso em: 20 jun. 2017. PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA. Casa Civil. Subchefia para Assuntos Jurídicos. Constituição da República Federativa do Brasil de 1998. (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 90, de 2015). Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm>. Acesso em 20 jun 2017. PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA, 1988. (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 53, de 2006). Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm>. Acesso em 20 jun 2017. PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA. Casa Civil. Subchefia para Assuntos Jurídicos. 1988. (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 59, de 2009). Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm>. Acesso em 20 jun 2017. PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA, 1988. (Redação dada Pela Emenda Constitucional nº 65, de 2010). Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm>. Acesso em: 20 jun 2017. PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA. Casa Civil. Subchefia para Assuntos Jurídicos. Lei n° 9.394, de 20 de dezembro de 1996. (Redação dada pela Lei nº 12.796, de 2013). Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L9394.htm>. Acesso em: 20 jul 2017. PRIORE, Mary del (Org.). História das crianças no Brasil. 6. ed. São Paulo: Contexto, 2007. RAMOS, Daniella Sanz. Alunos de Cmei de Jardim Camburi revitalizam muros retratando a cultura da paz. Disponível em: http://www.vitoria.es.gov.br/noticia/alunos-de-cmei-de-jardim-camburi-revitalizam-muros-retratando-a-cultura-da-paz-22867. Acesso em 20 set. 2017. RIBEIRO, Cláudio de Oliveira. Pluralismo e libertação. São Paulo: Paulinas, 2014. RONCHI FILHO, Jair, CASTRO, Janine Mattar Pereira de. Educação Infantil: identidade em construção. Movimento Interfóruns de Educação Infantil do Brasil. Campo Grande: UFMS, 2002. SACRAMENTO, Lívia de Tartari; REZENDE, Manuel Morgado. Violências: lembrando alguns conceitos. Aletheia n. 24, dez. 2006. Disponível: <http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-03942006000300009>. Acesso em 20 jun. 2017. SILVA, Eliane Moura. Diversidade e Valores culturais: conceitos teóricos e a educação para a Cidadania. Revista de Estudos da Religião, n º 2, p. 1-14, 2004. Disponível em: http://www.pucsp.br/rever/rv2_2004/p_silva.pdf. Acesso em: 20 jun 2017. TONUCCI, Francisco. Quando as crianças dizem: “Agora chega”! Porto Alegre: Artmed, 2005. TORRES, Luiz Henrique. A casa da roda dos expostos na cidade do Rio Grande. Biblos, Rio Grande, n. 20, p.103-116, 2006. Disponível em: <https://www.seer.furg.br/biblos/article/download/724/218>. Acesso em 20 fev. 2017. TREVISAN Fred Carlos, MORETTO, Geovani. Ética, Cidadania e Direitos das Crianças e dos Adolescentes. Curitiba: Fael, 2010. ULRICH, Claudete Beise. Práxis ética do cuidado e gênero: questões para o currículo. 2004, p. 4. Disponível em: <https://www.academia.edu/23108356/PR%C3%81XIS_%C3%89TICA_DO_CUIDADO_E_G%C3%8ANERO_QUEST%C3%95ES_PARA_O_CURR%C3%8DCULO>. Acesso em: 20 jun. 2017. VIEIRA, Kauê. Bonecas Abayomi: símbolo de resistência, tradição e poder feminino. Disponível em:<https://www.geledes.org.br/bonecas-abayomi-simbolo-de-resistencia-tradicao-e-poder-feminino/>. Acesso em: 20 mai. 2017.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://bdtd.faculdadeunida.com.br:8080/jspui/handle/prefix/39
Issue Date: 7-Dec-2017
Appears in Collections:Programa de Pós-graduação Stricto Sensu em Ciências das Religiões

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação - Martinelia de Almeida Grasseli.pdfDissertação - Martinelia de Almeida Grasseli10,12 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.